10 razões para casar no outono/inverno

Atualizado: Abr 18

Hoje em dia são muitos os casais que se debatem com um dilema que, há uns meses atrás, era completamente impensável: Ter que adiar o dia do seu casamento por uma pandemia. Em pânico sem saber se devem adiar, para quando devem adiar, se vão conseguir ter todos os fornecedores disponíveis para a data que pretendem, etc.

Vários casais que já tomaram a decisão de alterar a data do seu casamento, agora deparam-se com um dos maiores medos de todos os noivos e noivas do mundo: Os fornecedores não têm a data disponível. Ou apenas alguns dos fornecedores podem, ou os valores são mais elevados que inicialmente, etc. Isto deve-se ao facto de os casais cada vez mais reservarem as suas datas com muita antecedência, e por isso, se um casal em abril de 2020 quiser fazer uma reserva para setembro de 2021, há uma forte probabilidade de a quinta ou o fotógrafo/videógrafo já não ter a data disponível.

A maioria das pessoas sonha com um casamento na primavera ou no verão. É compreensível. É bonito, há flores por todos os lados, está bom tempo, as pessoas estão morenas e por isso consequentemente mais bonitas, os dias são longos e há aquela vontade natural de dançar até de manhã de pés descalços. As mulheres usam vestidos de manga curta, os homens tiram as camisas e saltam para a piscina. É unânime, todos gostamos de um bom casamento de verão. Quem não? Mas com este gosto em comum, cria-se aquilo a que os fornecedores chamam “época alta”. De maio a outubro os fornecedores não têm mãos a medir com casamentos às sextas, sábados e domingos, todos os fins de semana, sem parar.

Com a situação que enfrentamos, muitas noivas veem-se a ter que optar por um casamento de outono/inverno. E para todos vós que estão indecisos sobre se devem ou não fazer o casamento nesta altura do ano, eu deixo-vos aqui 10 argumentos que vos podem ajudar a decidir!

Ana & Kent, dezembro 2017


1. Maior disponibilidade da parte dos fornecedores

O outono e o inverno são sem dúvida épocas menos desejadas quando se pensa em casar. Por isso, de novembro a abril considera-se a época baixa. Especialmente entre dezembro e março, há muito poucos casamentos! O que faz com que os fornecedores estejam mais disponíveis. Alguns até praticam valores mais baixos nesta época e por isso, ao estarem a fazer um casamento de época baixa, estão a garantir que têm o vosso fornecedor preferido enquanto poupam!


2. Menos tempo de planeamento

Ainda relacionado com o tópico anterior, quanto mais preenchida for a altura em que queremos casar, maiores são as probabilidades de os nossos fornecedores estarem ocupados, e consequentemente também é maior a antecedência com que devemos contacta-los e reserva-los. Muitos noivos já estão a procurar os seus fornecedores para 2022!

Ao casar em época baixa, e tendo mais oportunidades de os nossos fornecedores estarem disponíveis, podemos também dar-nos ao luxo de não ter que estar a planear com tanta antecedência. Para os noivos mais ocupados, para aqueles que não gostam de planear ou mesmo para aqueles que não querem desperdiçar nem mais um dia sem estar casados, esta opção é a ideal! Podem contactar os fornecedores apenas poucos meses antes que a sua disponibilidade provavelmente será maior.

3. Outono/Inverno não significa mau tempo

Este é um dos maiores preconceitos que há com casar no inverno. Mas esta altura do ano não significa necessariamente mau tempo! Claro que em princípio não estarão 30 graus e o Sol não se irá pôr às 21h mas isso não implica que não esteja Sol nem bom tempo. Na verdade, o primeiro casamento que fotografei na minha vida foi dia 21 de dezembro, estava calor e esteve Sol o dia todo.

Além disso, vivemos num país com um clima maravilhoso que mesmo no inverno faz bom tempo! Em dezembro de 2019, as temperaturas em Lisboa rondaram sempre os 18 graus. No geral, as temperaturas durante o inverno não variaram muito.

E mesmo que faça frio e mau tempo, podemos sempre levar um casaco para nos manter agasalhados. E quanto à chuva, eu sempre ouvi dizer que boda molhada é boda abençoada!


4. Os espaços e as decorações

As quintas são lindas e os espaços exteriores são sempre fatores que temos em consideração. Mas na realidade, os pormenores que mais prestamos atenção quando visitamos uma quinta, são os do interior. Podemos optar por um local com mais pormenores, com mais pinturas, etc.

Por ser tudo em local fechado, há menos espaço para os convidados dispersarem. E quem diz que não podem ter um local no exterior? Muitas quintas optam por toldos e salamandras para os noivos e convidados que não dispensam ir apanhar um pouco de ar.

Relativamente à decoração, os casamentos no inverno podem optar por utilizar velas e por decorações que no exterior correriam o risco de se estragar, ou elementos que não resultariam no verão, nomeadamente musgo e pinhas. Podem também optar por folhas secas e troncos. Há imensas possibilidades que podem explorar!



5. As cores

Também ligado à decoração: As cores de outono e de inverno são lindas!

Um casamento no outono pode incluir cores como grená, laranja, verde, castanho. Cores que nos façam lembrar das árvores e das folhas secas. Estas cores farão sem dúvidas os noivos sobressaírem-se e criam um ambiente muito acolhedor. Podem também optar por combinar as cores com uma decoração rústica e o resultado final será lindo!

Um casamento no inverno pode incluir, além dos tons de outono, cores como rosas e vermelhos escuros, bordeaux, azul clarinho e branco. Muitas vezes não pensamos no branco por estar tão conotado à cor que pertence exclusivamente à noiva, mas já imaginaram casar com uma decoração completamente branca? Como se estivessem na neve. Haverá algum cenário mais mágico que este?


6. Os convidados estão mais entusiasmados

Gostamos todos de ir a casamentos, seja no inverno ou no verão. Mas algumas pessoas em certas fases da vida, dão por si a terem casamentos todos os fins de semana. O que faz com que muitos convidados se sintam desgastados e acabem por não dar a devida atenção ao nosso dia.

Além disso, no inverno há menos eventos que requerem a nossa presença, por norma já tirámos as férias no verão, e há ali uns meses que são simplesmente "parados". O facto de ser no inverno faz com que os convidados tenham algo por que possam estar ansiosos, um evento social no seu calendário. E para terminar, o facto de não ser época de férias, faz com quem a maioria dos convidados possa estar presente no casamento.

O último motivo é que os convidados bebem mais para se manter quentes. E todos sabemos que convidados e bebida é uma mistura que dá sempre numa festa de arromba!


7. A comida e o conforto

Parece estranho, não é? Mas muitas vezes, nos casamentos de verão, acaba por haver muito desperdício alimentar. As pessoas têm calor e por isso acabam por ter pouca vontade de comer. Ou seja, os noivos estão a pagar por um serviço que acaba por não ser usufruído pelos convidados. Mas no inverno temos sempre mais fome, sabe-nos bem aquela sopa quentinha, e apreciamos todos os doces que tivermos à nossa disposição. Por algum motivo se chama "comida de conforto", não é? E quando está frio, só queremos estar confortáveis. Já imaginaram estar no vosso cocktail, com mantas pelas costas a beber um creme de legumes de caneca? Para ser melhor só falta a lareira.

My Vintage Wedding, Colares


8. As lembranças

Ao estar a poupar noutros detalhes do casamento, podemos investir noutro tipo de lembranças! Ou dar algo realmente útil como cachecóis, ou que tal deixar mantas expostas para os convidados se aquecerem durante a noite, e depois levarem para casa? Se for na altura do Natal, podem também optar por bolas para as árvores de Natal. Enfim, há imensas possibilidades que podem explorar.


9. O vestido de noiva

O facto de casar num espaço fechado faz com que possamos à mesma utilizar vestidos de alças porque no interior está sempre frio. Mas também podemos optar por aqueles vestidos de noiva compridos, com mangas compridas em renda. Ou optar por um vestido de alça com um casaco por cima. São imensas as possibilidades de vestidos a utilizar num casamento de inverno, contrariamente ao que se pensa. Porque apesar de estar frio lá fora, lá dentro estará quentinho.

A noiva pode simplesmente arrasar com a escolha do vestido e dos acessórios e, ao utilizar um casaco ou uma capa, faz com que pareça que tem dois outfits.


10. É romântico

Temperaturas frias apelam à intimidade, ao contacto entre as pessoas! Só queremos estar agarradinhos. E já imaginaram as fotografias com a luz de inverno? Os dois abraçados debaixo de uma manta. Se casarem numa zona que neve, só consigo imaginar o cenário.

E por ser numa altura em que o final do ano se aproxima, podem sempre fazer uma pausa para recordar os vossos momentos e por que estão gratos. E no final, acredito que estejam bastante gratos por se terem um ao outro nas vossas vidas!

Para mim o mais importante de tudo, lembre-se que este dia é sobre vocês, um dia para celebrar o vosso amor. Faça sol ou faça chuva, faça frio ou calor. Desde que estejam juntos, isso é o mais importante.

Mónica & João, dezembro 2019